segunda-feira, 20 de julho de 2009

Cocktail - 1988

Um ambicioso rapaz chega a Nova York disposto a vencer na vida e, com a ajuda de um veterano barman, ele entra para o mundo dos bares sofisticados de Manhattan. Dirigido por Roger Donaldson (A Experiência) e com Tom Cruise e Elisabeth Shue no elenco.

Sinopse
Após deixar o exército, Brian Flanagan (Tom Cruise), um jovem ambicioso, tenta um emprego em Nova York, mas inicialmente nada consegue por não ser formado. Então começa a estudar e trabalhar, se tornando um bartender de sucesso graças às dicas dadas por Doug Coughlin (Bryan Brown), um exímio e veterano profissional. Mas sua ambição abala o relacionamento com Jordan Mooney (Elisabeth Shue), sua namorada, e entra em atrito com Doug, que ensinou a ele os macetes da vida noturna.

Ficha Técnica
Título Original: Cocktail
Gênero: Comédia
Tempo de Duração: 100 minutos
Ano de Lançamento (EUA): 1988
Estúdio: Touchstone Pictures / Silver Screen Partners III / Interscope Communications
Distribuição: Buena Vista Pictures
Direção: Roger Donaldson
Roteiro: Heywood Gould
Produção: Robert W. Cort e Ted Field
Música: J. Peter Robinson
Fotografia: Dean Semler
Desenho de Produção: Mel Bourne
Direção de Arte: Dan Davis
Figurino: Ellen Mirojnick
Edição: Neil Travis

Elenco
Tom Cruise (Brian Flanagan)
Bryan Brown (Doug Coughlin)
Elisabeth Shue (Jordan Mooney)
Lisa Banes (Bonnie)
Laurence Luckinbill (Sr. Mooney)
Kelly Lynch (Kerry Coughlin)
Gina Gershon (Coral)
Ron Dean (Tio Pat)
Robert Donley (Eddie)
Ellen Foley (Eleanor)
Andrea Morse (Dulcy)
Chris Owens

Download


Especialmente para os colegas do curso de bartender

sábado, 11 de julho de 2009

Junior Wells & Buddy Guy

Hoodoo Man Blues - 1965
Tracks:
01 - Snatch It Back And Hold It
02 - Ships On The Ocean
03 - Good Morning Schoolgirl
04 - Hound Dog
05 - In The Wee Hours
06 - Hey Lawdy Mama
07 - Hoodoo Man Blues
08 - Early In The Morning
09 - We're Ready
10 - You Don't Love Me Baby
11 - Chitlin Con Carne
12 - Yonder Wall
13 - Hoodoo Man Blues (Alternate Take)
14 - Chitlin Con Carne (Alternate Take)

Download

Era Uma Vez na América - 1984

O diretor Sergio Leone (Três Homens em Conflito) leva às telas um painel da ascensão do crime organizado entre a virada do século e os anos 30. Com Robert De Niro, James Woods, Treat Williams, Joe Pesci, Danny Aiello e Jennifer Connelly.

Sinopse
Na década de 20, David Aaronson (Robert De Niro) e Maximillian Bercouicz (James Woods), dois amigos de descendência judaica, crescem juntos cometendo pequenos crimes nas ruas do Lower East Side, Nova York. Gradualmente estes crimes assumem proporções maiores e a Máfia judaica passa a ter tanta força que os amigos do passado se tornam rivais. Esta saga percorre desde seus dias de infância, atravessa o apogeu durante a Lei Seca e retrata o reencontro deles após 35 anos.

Premiações
- Recebeu 2 indicações ao Globo de Ouro, nas seguintes categorias: Melhor Diretor e Melhor Trilha Sonora.

- Ganhou 2 prêmios no BAFTA, nas seguintes categorias: Melhor Trilha Sonora e Melhor Figurino. Recebeu ainda outras 3 indicações, nas seguintes categorias: Melhor Atriz Coadjuvante (Tuesday Weld), Melhor Diretor e Melhor Fotografia.


Curiosidades
- Este é o 2º de 6 filmes em que Robert De Niro e Joe Pesci atuam juntos. Os demais foram Touro Indomável (1980), Os Bons Companheiros (1990), Desafio no Bronx (1993), Cassino (1995) e O Bom Pastor (2006).

- O diretor Sergio Leone aparece em uma pequena ponta, interpretando um vendedor de bilheters na estação de ônibus.

- A versão de Era uma Vez na América exibida nos cinemas americanas tinha apenas 139 minutos, cerca de uma hora e meia a menos que a versão completa do filme. Após muitos protestos do público e da crítica especializada, o filme chegou a ser exibido na TV a cabo norte-americana em uma versão de 192 minutos. Já em vídeo foi lançada uma versão um pouco maior, com 227 minutos.

- Em entrevista dada em novembro de 1998, o filho do diretor Sergio Leone declarou que a Warner Bros e a Regency solicitaram a ele material extra para reeditar e lançar nos cinemas uma versão de Era uma Vez na América de 250 minutos, que seria a idéia original de Sergio Leone. Até o momento não se tem notícias sobre quando esta nova versão será lançada.

- Era uma Vez na América é a última parte da trilogia feita pelo diretor Sergio Leone sobre a América. Os demais filmes foram Era uma Vez no Oeste (1960) e Quando Explode a Vingança (1972).

Ficha Técnica
Título Original: Once Upon a Time in America
Gênero: Policial
Tempo de Duração: 236 minutos
Ano de Lançamento (Itália / EUA): 1984
Estúdio: Warner Bros. / Embassy International Pictures / PSO International / Rafran Cinematografica / Wishbone
Distribuição: Warner Bros.
Direção: Sergio Leone
Roteiro: Leonardo Benvenuti, Piero De Bernardi, Enrico Medioli, Franco Arcalli, Franco Ferrini e Sergio Leone, baseado em livro de Harry Grey
Produção: Arnon Milchan
Música: Ennio Morricone
Fotografia: Tonino Delli Colli
Direção de Arte: Carlo Simi
Figurino: Gabriella Pescucci
Edição: Nino Baragli
Efeitos Especiais: Corridori

Elenco
Robert De Niro (David Aaronson)
James Woods (Maximillian Bercouicz)
Elizabeth McGovern (Deborah)
Treat Williams (Jimmy O'Donnell)
Tuesday Weld (Carol)
Burt Young (Joe)
Joe Pesci (Frankie Monaldi)
Danny Aiello (Chefe de Polícia Aiello)
William Forsythe (Philip Stein)
James Hayden (Patrick Goldberg)
Darlanne Fluegel (Eve)
Larry Rapp (Fat Moe)
Dutch Miller (Van Linden)
Robert Harper (Sharkey)
James Russo (Bugsy)
Jennifer Connelly (Jovem Deborah)
Sergio Leone

Download

Papillon - 1973


Na França, Henri Carrière, conhecido por 'Papillon', por ter tatuado no peito uma borboleta, é acusado de ter assassinado um gigolô. Preso e julgado em 1931, é condenado à prisão perpétua, mesmo alegando inocência. O prisioneiro é enviado, juntamente com outros condenados, para um presídio de segurança máxima, na Guiana Francesa. Durante a viagem para a Guiana, ele conhece Louis Dega, um prisioneiro rico e maior falsário da França, de quem se torna protetor.
Uma vez na Guiana, são recebidos na Penitenciária de St. Laurent pela cúpula do presídio, que lhes dá as boas-vindas, ao mesmo tempo em que são alertados para a impossibilidade de fuga e para as penalidades previstas para aqueles que a tentarem: dois anos de solitária na 1ª tentativa de fuga e cinco anos em caso de reincidência.
Inicialmente, Papillon e Dega são enviados para um campo de trabalhos forçados situado numa região pantanosa, em plena selva, onde graça a malária. Lá, eles conhecem um outro prisioneiro, Clusiot, que também sonha com uma eventual fuga.
Certo dia, chega ao local um comerciante de borboletas à procura de um tipo raro, de cujas asas é extraída uma tinta especial usada na confecção da moeda americana. Papillon consegue ter acesso a ele, a quem oferece dinheiro em troca de um barco que lhes permita fugir. O negócio é fechado, com a promessa de que o barco será entregue em uma semana. Entretanto, ao ver um guarda batendo em Dega, Papillon luta com o mesmo e se vê obrigado a fugir floresta a dentro, sendo capturado por dois caça-fugitivos. Pela tentativa de fuga e ataque ao guarda, ele é sentenciado a dois anos de confinamento numa solitária. Enquanto isso, Dega consegue trabalho na área administrativa da penitenciária.
Ao sair de seu confinamento na solitária, Papillon volta a manter contato com Dega. Quando é internado na enfermaria da prisão, Papillon conhece Maturette, um detento que trabalha como uma espécie de enfermeiro. Um dia, ao receber a visita de Dega, Papillon insiste em que precisa de um barco para a sua tão sonhada fuga. Ao saber das intenções de Papillon, Clusiot se faz se doente para se juntar a ele na enfermaria.
Uma noite, quando a maioria dos guardas assistem a um concerto, Papillon, Clusiot e Maturette põem em ação seu plano. Na fuga, um guarda deixa Clusiot inconsciente. Quando Papillon está para ser acertado pelo guarda, Dega aparece e golpeia o militar. Dega se vê, então, obrigado a participar da fuga.
Quando os três fugitivos chegam ao barco, verificam que ele se acha em péssimo estado. Mesmo assim, embarcam em sua aventura. O que eles não imaginam é que o vendedor avisara a dois caça-fugitivos sobre a operação. Entretanto, eles são salvos por um misterioso homem, com tatuagens azuis na face. Tal homem os leva até uma colônia de leprosos, onde negociam um novo barco.
Quando reiniciam sua aventura, tudo parece ir bem até que uma forte tempestade cai sobre eles. Dega, que se machucara na fuga, tem seu tornozelo ameaçado de gangrena, o que leva Maturette a improvisar uma pequena cirurgia. Ao chegarem a uma praia, deparam-se com um grupo de soldados. Agindo com rapidez, Papillon consegue fugir pela selva. Entretanto, é atingido por dardos que o deixam inconsciente.
Ao acordar, descobre que se encontra num vilarejo indígena. Ele é, de certa forma, adotado pela tribo, onde lhe pedem para reproduzir sua tatuagem, a borboleta, no peito do cacique. Na manhã seguinte, ao acordar, verifica que se acha sozinho.
A seguir, ele encontra uma freira que o leva até seu convento. Levado à presença da Madre Superiora, ele pede para que o aceitem. Ela concorda e lhe oferece um aposento. Entretanto, ao acordar no dia seguinte, percebe que foi traído pela Superiora que mandara chamar a polícia local.
Desta vez, Papillon é confinado numa solitária por cinco anos. Cumprida a pena, enquanto aguarda sua liberação, os guardas levam Maturette em uma maca até sua presença, para que este morra diante de seus olhos. Ao sair da solitária, é enviado para a isolada Ilha do Diabo, conhecida como um local de onde não se consegue fugir, face às fortes correntezas que a cercam e aos seus altíssimos penhascos.
A Ilha do Diabo funciona como uma espécie de colônia penal. Uma vez que a fuga é impossível, os guardas deixam os prisioneiros à vontade. Papillon recebe uma pequena cabana para nela viver. Pouco tempo depois, ele reencontra o amigo Dega, cultivando uma enorme horta e criando porcos.
Embora ainda seja relativamente moço, em seus 38 anos, Papillon apresenta um rosto marcado e envelhecido com seus cabelos brancos. Sua idéia de fugir continua viva como nunca. Sentado em um banco de pedras, à beira de um penhasco, ele passa horas estudando o movimento das marés. Um dia, ele lança ao mar um enorme saco cheio de cocos, formando uma espécie de colchão flutuante e, em seguida, pula do altíssimo penhasco, conseguindo finalmente realizar com sucesso sua tão sonhada fuga.

Ficha Técnica
Título Original: Papillon
Gênero: Aventura
Ano de Produção: 1973
Direção: Franklin J. Schaffner
Roteiro: Dalton Trumbo, Lorenzo Semple Jr.
Produção: Robert Dorfmann, Franklin J. Schaffner
Música Original: Jerry Goldsmith
Fotografia: Fred J. Koenekamp
Edição: Robert Swink
Design de Produção: Anthony Masters
Direção de Arte: Jack Maxsted
Figurino: Anthony Powell
Efeitos Especiais: Alex Weldon, Albert Whitlock
País: USA, França

Elenco
Steve McQueen.........Henri 'Papillon' Charrière
Dustin Hoffman....... .Louis Dega
Victor Jory ................Chefe Indígena
Don Gordon ..............Julot
Robert Deman .........Maturette
Woodrow Parfrey ...Clusiot
Anthony Zerbe ........Chefe da Colônia de Leprosos
Bill Mumy .................Lariot
George Coulouris..... Dr. Chatal
Ratna Assan..............Zoraima
William Smithers...... Barrot

Download

O Corcunda de Notre Dame - 1939

O corcunda de uma catedral é açoitado, recebendo a ajuda de uma cigana. Quando ela é acusada, ele decide protegê-la. Dirigido por William Dieterle (A Vida de Louis Pasteur) e com Charles Laughton, Cedric Hardwicke, Thomas Mitchell e Maureen O'Hara no elenco. Recebeu 2 indicações ao Oscar.

Sinopse
Quasímodo (Charles Laughton), o deformado sineiro da catedral de Notre Dame, localizada em Paris, é injustamente condenado a ser açoitado. Quando pede água apenas uma cigana (Maureen O'Hara) sente compaixão por ele. Quando ela é injustamente acusada de assassinato, ele decide protegê-la.

Curiosidades
- É a 1ª versão sonora do livro "O Corcunda de Notre Dame", de Victor Hugo.

- O produtor Irving Thalberg apresentou O Corcunda de Notre Dame a Charles Laughton pela 1ª vez em 1934, mas o projeto terminou por não ser realizado. Apenas 5 anos depois, quando Laughton assinou com a RKO Radio Pictures, é que o ator escolheu a adaptação do livro de Victor Hugo como seu primeiro filme no novo contrato.

- Estréia de Edmond O'Brien no cinema.

- Maureen O'Hara foi contratada por insistência de Charles Laughton, que acreditava que ela encaixaria perfeitamente no papel de Esmeralda.

- Charles Laughton esperava duas horas e meia, todos os dias, para que a maquiagem de seu personagem ficasse pronta.

- Foram usadas 2500 perucas durante as filmagens.

- Foi o único filme exibido na 1ª edição do Festival de Cannes, que foi cancelado logo após seu início devido à invasão da Polônia pelas tropas de Adolf Hitler.

- Também disponível em versão colorida através de computadores.

- O livro "O Corcunda de Notre Dame ", de Victor Hugo, teve várias adaptações para o cinema, entre elas a versão em desenho animado O Corcunda de Notre Dame (1996).

- O orçamento de O Corcunda de Notre Dame foi de US$ 1,8 milhão, tendo sido um dos filmes mais caros produzidos pela RKO Radio Pictures.

- A réplica da catedral de Notre Dame custou US$ 250 mil.

Ficha Técnica
Título Original: The Hunchback of Notre Dame
Gênero: Drama
Tempo de Duração: 115 minutos
Ano de Lançamento (EUA): 1939
Estúdio: RKO Radio Pictures Inc.
Distribuição: RKO Radio Pictures Inc.
Direção: William Dieterle
Roteiro: Sonya Levien, baseado em livro de Victor Hugo
Produção: Pandro S. Berman
Música: Alfred Newman
Fotografia: Joseph H. August
Direção de Arte: Van Nest Polglase
Figurino: Walter Plunkett
Edição: William Hamilton e Robert Wise

Elenco
Charles Laughton (Quasímodo)
Cedric Hardwicke (Frollo)
Thomas Mitchell (Clopin)
Maureen O'Hara (Esmeralda)
Edmond O'Brien (Gringoire)
Alan Marshal (Phoebus)
Walter Hampden (Archdeacon)
Harry Davenport (Rei Luís XI)
Katharine Alexander (Madame de Lys)
Helene Whitney (Fleur de Lys)
Arthur Hohl (Olivier)
Etienne Girardot (Médico

Download

sexta-feira, 10 de julho de 2009

Zé Ramalho

A Peleja do Diabo com o Dono do Céu - 1979

Tracks:
01 - A Peleja do Diabo Com o Dono do Céu
02 - Admirável Gado Novo
03 - Falas Do Povo
04 - Beira Mar
05 - Garoto De Aluguel (Taxi Boy)
06 - Pelo Vinho E Pelo Pão
07 - Mote Das Amplidões
08 - Jardim Das Acácias
09 - Agônico
10 - Frevo Mulher

Download

Escondidinho de carne-seca

Do cardápio do bar Salommão, em Higienópolis, aprenda a preparar o prato nordestino. Ele leva esse nome porque a carne-seca, desfiada e acebolada, é coberta por um cremoso purê de batata salpicado de parmesão.



Ingredientes
Recheio
2 colheres (sopa) de azeite
1 colher (sopa) de manteiga
80g de cebola cortada em meia-lua
Pimenta a gosto
300g de carne-seca desfiada
Salsinha fresca a gosto
Purê
2 batatas médias
2 colheres (sopa) de manteiga
100ml de creme de leite fresco
Sal a gosto
Queijo parmesão para polvilhar

Modo de preparo
Recheio
Deixe a carne-seca de molho de um dia para o outro em água fria para tirar o excesso de sal. Depois desse período, cozinhe a carne até que fique macia. Isso pode levar de 4 a 5 horas. Em seguida, desfie tirando a gordura extra e reserve.
Em uma frigideira, esquente o azeite, junte a manteiga e espere até que derreta. Frite a cebola, ponha a pimenta e adicione a carne-seca desfiada. Desligue o fogo, acrescente a salsinha picada e reserve.
Purê
Cozinhe as batatas sem casca em água fervente. Passe-as por um espremedor e leve ao fogo em uma panela grossa. Junte a manteiga, em seguida acrescente o creme de leite fresco e mexa até que a mistura desprenda do fundo da panela.
Montagem
Coloque um pouco do recheio em um ramequim, cubra com o purê e polvilhe o queijo parmesão. Leve ao forno em temperatura bem alta para gratinar durante dois minutos. Sirva quente.

Encurralado - 1971

O diretor Steven Spielberg (O Resgate do Soldado Ryan) leva às telas a história de um motorista que repentinamente descobre que está sendo seguido por um caminhão disposto a matá-lo.
Sinopse
Homem de negócios dirigindo sozinho em uma estrada secundária de repente se vê perseguido por motorista de caminhão. Depois de algum tempo, ele chega a conclusão de que aquele motorista pretende matá-lo.

Premiações
- Ganhou o Emmy de Melhor Edição de Som, além de ter sido indicado na categoria de Melhor Fotografia de um Programa de Entretenimento.

- Recebeu uma indicação ao Globo de Ouro, na categoria de Melhor Filme Feito Para a TV.

Ficha Técnica
Título Original: Duel
Gênero: Suspense
Tempo de Duração: 90 minutos
Ano de Lançamento (EUA): 1971
Estúdio: Universal TV
Exibição: ABC
Direção: Steven Spielberg
Roteiro: Richard Matheson
Produção: George Eckstein
Música: Billy Goldenberg
Direção de Fotografia: Jack A. Marta
Direção de Arte: Robert S. Smith
Edição: Frank Morriss

Elenco
Dennis Weaver (David Mann)
Jacqueline Scott (Sra. Mann)
Eddie Firestone (Dono do café)
Lou Frizzell (Motorista de ônibus)
Gene Dynarski (Homem no café)
Tim Herbert (Atendente no posto de gasolina)
Shirley O'Hara (Garçonete)
Charles Seel
Lucille Benson

Download Parte1 Parte2

quarta-feira, 8 de julho de 2009

Nove Rainhas - 2000

A história de Nove Rainhas, passada na Buenos Aires dos dias atuais, começa numa madrugada e termina na manhã do dia seguinte. Nestas 24 horas ou pouco mais, Marcos (Ricardo Darín) e Juan (Gaston Pauls), seus protagonistas, passarão pela maior aventura de suas vidas, algo que Marcos insiste em chamar de "uma oportunidade em um milhão".

Estes dois golpistas de segunda, que habitualmente "trabalhavam" por alguns poucos pesos, se conhecem por acaso numa certa madrugada e, de repente, tornam-se sócios numa negociação multimilionária envolvendo uma série falsificada de selos raríssimos, conhecidos como as "Nove Rainhas". O negócio deve ser realizado imediatamente, custe o que custar, uma vez que o milionário espanhol interessado nos selos deixará a cidade na manhã seguinte. Marcos conta com a ajuda de sua irmã, Valeria (Leticia Bredice), que trabalha no hotel onde o espanhol está hospedado, mas questões familiares pendentes azedam a relação dos irmãos.

Enquanto o veterano Marcos vai ensinando ao jovem e inexperiente Juan os segredos do ofício, eles encontram a cada passo de sua jornada inusitada outros ladrões e farsantes, numa selva onde ninguém está livre de sua pequena ou grande parcela de corrupção. Cada revelação parece esconder uma mentira; cada promessa encobre outro golpe.

Ficha Técnica
Título Original: Nueve Reinas
Gênero: Drama
Origem: Argentina
Ano: 2000
Duração: 115 min
Direção: Fabian Bielinsky

Elenco:
Ricardo Darín...Marcos
Gastón Pauls...Juan
Leticia Brédice...Valeria
Ignasi Abadal...Vidal Gandolfo
Alejandro Awada...Washington
Elsa Berenguer...Berta
Leo Dyzen...Experto filatelico
lRicardo D.Mourelle...Ramiro
Carlos Falcone...Amante de Berta
Tomás Fonzi...Federico

Download Parte1 Parte2 Parte3 Parte4

terça-feira, 7 de julho de 2009

O Processo - 1962

Após ser preso e responder a um processo, um homem passa a investigar para descobrir o motivo de estar sendo investigado. Dirigido por Orson Welles (Cidadão Kane) e com Anthony Perkins e Jeanne Moreau no elenco.

Sinopse
Joseph K. (Anthony Perkins) é um homem reservado, que vive na pensão da senhora Grubach (Madeleine Robinson) e se dá bem com todos os demais moradores do local. Um dia ele é acordado por um inspetor de polícia (Arnoldo Foà), que lhe informa que está preso mas não o leva sob custódia. Durante o processo Joseph segue com suas atividades normais, tendo apenas que ficar à disposição das autoridades a qualquer hora do dia. Incomodado por não saber do que está sendo acusado, ele decide investigar em busca de uma resposta.

Curiosidades
- Orson Welles decidiu por não usar o final do livro de Franz Kafka em O Processo.

- Inicialmente Orson Welles queria que Jackie Gleason interpretasse o advogado Hastler, assumindo ele próprio o personagem posteriormente.

- Orson Welles dublou onze vozes em O Processo.

- Filmado na Iugoslávia, França e Itália.

- O Processo é considerado pelo próprio Orson Welles como seu melhor filme.

- Os créditos finais são lidos por Orson Welles, sem que haja qualquer inscrição na tela.

Ficha Técnica
Título Original: Le Procès
Gênero: Drama
Tempo de Duração: 120 minutos
Ano de Lançamento (França / Alemanha / Itália): 1962
Estúdio: Paris-Europa Productions / Hisa-Film / Fl. C. It
Distribuição: UGC
Direção: Orson Welles
Roteiro: Orson Welles, baseado em livro de Franz Kafka
Produção: Alexander Salkind
Música: Jean Ledrut
Fotografia: Edmond Richard
Direção de Arte: Jean Mandaroux
Figurino: Helen Thibault
Edição: Yvonne Martin, Frederik Muller e Orson Welles


Elenco
Anthony Perkins (Josef K.)
Arnoldo Foà (Inspetor A.)
Jess Hahn (2º Inspetor-Assistente)
Billy Kearns (1º Inspetor-Assistente)
Madeleine Robinson (Sra. Grubach)
Jeanne Moreau (Srta. Burstner)
Naydra Shore (Irmie)
Suzanne Flon (Srta. Pittl)
Max Haufler (Tio Max)
Romy Schneider (Leni)
Akim Tamiroff (Bloch)
Elsa Martinelli (Hilda)
Orson Welles (Hastler)
Maurice Teynac

Download Parte1 Parte2 Parte3 Parte4 Parte5

The Rolling Stones - Shine A Light - 2008

O diretor Martin Scorsese (Os Infiltrados) apresenta os bastidores de duas apresentações dos Rolling Stones em Nova York.

Sinopse
As filmagens e os bastidores de duas apresentações da banda Rolling Stones no Beacon Theater, em Nova York, em 29 de outubro e 1º de novembro de 2006.


Curiosidades
- A idéia do filme foi de Mick Jagger, vocalista dos Rolling Stones. Inicialmente a intenção era fazer um filme sobre a turnê "Bigger Band", a mesma que teve um show realizado na praia de Copacabana, no Rio de Janeiro, em 18 de fevereiro de 2007.

- A mudança de foco do filme, de abranger a turnê para algo menor, foi sugerida por Martin Scorsese. Segundo o diretor, a idéia é que algo mais íntimo mostrasse melhor a conexão entre a banda e seu público.

- Foi o 1º documentário a abrir o Festival de Berlim em sua história.

Ficha Técnica
Título Original: Shine a Light
Gênero: Documentário
Tempo de Duração: 122 minutos
Ano de Lançamento (EUA / Inglaterra): 2008
Site Oficial: www.shinealightmovie.com
Estúdio: Concert Promotions International / Shangri-La Entertainment
Distribuição: Paramount Vantage / Imagem Filmes
Direção: Martin Scorsese
Roteiro:
Produção: Steve Bing, Michael Cohl, Victoria Pearman e Zane Weiner
Fotografia: Robert Richardson
Edição: David Tedeschi


Elenco
Mick Jagger
Keith Richards
Charlie Watts
Ron Wood
Byrdie Bell
Bill Clinton
Hillary Rodham Clinton
Jack White
Christina Aguilera
Gary Cherkassky
Kimberly Magness
Rebecca Merle
Martin Scorsese
Michael Ciesla
Michael Gross

Download Parte1 Parte2

Ben-Hur - 1959

A epopéia de um mercador judeu que é escravizado por seu amigo de infância e que consegue uma chance única para se vingar. Dirigido por William Wyler (O morro dos ventos uivantes) e com Charlton Heston no elenco. Vencedor de 11 Oscars.

Sinopse
Em Jerusalém no início do século I vive Judah Ben-Hur (Charlton Heston), um rico mercador judeu. Mas, com o retorno de Messala (Stephen Boyd), um amigo da juventude que agora é o chefe das legiões romanas na cidade, um desentendimento devido a visões políticas divergentes faz com que Messala condene Ben-Hur a viver como escravo em uma galera romana, mesmo sabendo da inocência do ex-amigo. Mas o destino vai dar a Ben-Hur uma oportunidade de vingança que ninguém poderia imaginar.
Premiações
- Ganhou 11 Oscars, nas seguintes categorias: Melhor Filme, Melhor Diretor, Melhor Ator (Charlton Heston), Melhor Ator Coadjuvante (Hugh Griffith), Melhor Direção de Arte - A Cores, Melhor Fotografia - A Cores, Melhor Figurino - A Cores, Melhores Efeitos Especiais, Melhor Edição, Melhor Trilha Sonora e Melhor Som. Foi ainda indicado na categoria de Melhor Roteiro Adaptado.

- Ganhou 3 Globos de Ouro: Melhor Filme - Drama, Melhor Diretor e Melhor Ator Coadjuvante (Stephen Boyd), além de ter recebido um prêmio especial, dado a Andrew Marton, devido à sua direção na cena da corriga de bigas em Ben-Hur.


Curiosidades
- O ator Burt Lancaster recusou o papel de Judah Ben-Hur porque, segundo o ator, a história continha morais violentas as quais discordava. Além de Lancaster, os atores Marlon Brando e Rock Hudson também recusaram o papel-título de Ben-Hur.

- A produção de Ben-Hur foi uma bem-sucedida tentativa da MGM de sair da ameaça de falência.

- Gore Vidal declarou certa vez que o roteiro original previa um relacionamento homossexual entre Ben-Hur e Messala. Como o diretor William Wyler sabia que Charlton Heston nunca aceitaria interpretar um personagem com nuances homossexuais, Vidal instruiu Wyler a apenas contar a Stephen Boyd, intérprete de Messala, sobre este relacionamento. Este fato pode ser notado no próprio filme pelas diferenças no modo de falar de Ben-Hur e Messala.

- A MGM, produtora do filme, queria que um autêntico barco romano fosse utilizado nas cenas de batalha de Ben-Hur. Para tanto, contratou um engenheiro que havia estudado durante toda sua carreira arquitetura romana. Quando ele apresentou o design do barco aos engenheiros da MGM, estes disseram que o barco afundaria, pois era muito pesado. Ainda assim o barco foi construído e, ao ser colocado no oceano, inicialmente flutuou. Porém, logo após uma pequena onda fez com que o barco afundasse. Deste modo, a MGM resolveu colocar o barco em um gigantesco tanque onde suas cenas seriam rodadas, com cabos prendendo o barco ao tanque.

- Após a construção do tanque, um problema enfrentado era conseguir dar à água o tom azul-mediterrâneo necessário para que as cenas ali rodadas parecessem reais. A água inicialmente era marrom e escura e, para conseguir a tonalidade de cor necessária, foi utilizado um composto químico que, apesar de fazer com que a água ficasse azul, fez também com que fosse formada uma crosta em toda a superfície da água, que precisou ser toda retirada do tanque por operários da MGM.

- Durante as filmagens de uma das cenas de batalha realizadas no tanque, um dos extras caiu na água e lá ficou por muito tempo. Ao sair, este extra estava totalmente azul e teve seu salário pago pela MGM até que a cor saísse de sua pele.

- Só a construção do circo para a corrida de quadrigas (na Cinecittà, em Roma) custou 1 milhão de dólares. Nessa sequência - dirigida em 94 dias por Andrew Marton, Mario Soldati e Yakima Canutt, especialista em cenas de perigo - , utilizaram-se cinco câmeras, 8.000 extras e 76 cavalos.

- Para a entrada dos corredores, o diretor de fotografia Robert Surtees usou uma grua de mais de 30 metros de altura: o espectador vê as quadrigas desfilando na pista como se estivesse sobrevoando o circo. O efeito é realçado pela utilização do processo cinematográfico Camera 65, um aperfeiçoamento do cinemascope.

- Apesar de haver na Itália cavalos brancos, os quatro cavalos brancos utilizados durante as filmagens vieram da Tchecoslováquia, trazidos na primeira classe de um avião fretado para o transporte e que teve seus assentos retirados.

- O estádio confeccionado para Ben-Hur foi feito seguindo detalhes do estádio utilizado na versão da história lançada nos cinemas em 1926.

- Após o término das filmagens, os cenários utilizados em Ben-Hur foram todos destruídos por ordem do produtor Sam Zimbalist, que temia que eles fossem utilizados em produções menores realizadas por produtores italianos.

- Miklós Rózca compôs a trilha sonora de Ben-Hur em 8 semanas.

- Esta é a 3º adaptação para as telas de cinema de Ben-Hur. As anteriores ocorreram em 1907 e em 1926, ambas sendo mudas e também se chamando Ben-Hur.

- Ben-Hur é um dos recordistas de Oscars recebidos, com 11 estatuetas, estando empatado com Titanic (1997) e O Senhor dos Anéis - O Retorno do Rei (2003).

Ficha Técnica
Título Original: Ben-Hur
Gênero: Épico
Tempo de Duração: 219 minutos
Ano de Lançamento (EUA): 1959
Estúdio: MGM
Distribuição: MGM
Direção: William Wyler
Roteiro: Karl Tunberg, baseado em livro de Lew Wallace
Produção: Sam Zimbalist
Música: Miklós Rózca
Direção de Fotografia: Robert Surtees
Direção de Arte: Edward C. Carfagno e William A. Horning
Figurino: Elizabeth Haffenden
Edição: John D. Dunning e Ralph E. Winters


Elenco
Charlton Heston (Judah Ben-Hur)
Jack Hawkins (Quintus Arrius)
Haya Harareet (Esther)
Stephen Boyd (Messala)
Hugh Griffith (Xeique Ilderim)
Martha Scott (Miriam)
Cathy O'Donnell (Tirzah)
Sam Jaffe (Simonides)
Finlay Currie (Balthasar)
Frank Thring (Poncius Pilatus)
Terence Longdon (Drusus)
George Relph (Tiberius)
André Morell (Sextus)
John Glenn

Download Parte1 Parte2

Tempos Modernos - 1936

Após criar uma máquina revolucionária, um trabalhador é internado em um sanatório. Ao sair é confundido com um comunista que liderava uma marcha de operários em protesto. Dirigido e estrelado por Charles Chaplin e com Paulette Goddard no elenco.

Sinopse
Um operário de uma linha de montagem, que testou uma "máquina revolucionária" para evitar a hora do almoço, é levado à loucura pela "monotonia frenética" do seu trabalho. Após um longo período em um sanatório ele fica curado de sua crise nervosa, mas desempregado. Ele deixa o hospital para começar sua nova vida, mas encontra uma crise generalizada e equivocadamente é preso como um agitador comunista, que liderava uma marcha de operários em protesto. Simultaneamente uma jovem rouba comida para salvar suas irmãs famintas, que ainda são bem garotas. Elas não tem mãe e o pai delas está desempregado, mas o pior ainda está por vir, pois ele é morto em um conflito. A lei vai cuidar das órfãs, mas enquanto as menores são levadas a jovem consegue escapar.

Curiosidades
- Supostamente Tempos Modernos seria o primeiro filme de Charles Chaplin que utilizasse inteiramente um sistema de som. Entretanto, no filme apenas pode-se ouvir ruídos quando vozes são ditas por avisos de máquinas. Esta mudança foi feita pelo próprio Chaplin para tornar o som um símbolo da tecnologia e da desumanização no filme.

- Em Tempos Modernos ocorre a última aparição de Charles Chaplin como vagabundo.

- Todas as canções de Tempos Modernos foram compostas pelo próprio Charles Chaplin.

Ficha Técnica
Título Original: Modern Times
Gênero: Comédia
Tempo de Duração: 87 minutos
Ano de Lançamento (EUA): 1936
Estúdio: United Artists / Charles Chaplin Productions
Distribuição: United Artists
Direção: Charles Chaplin
Roteiro: Charles Chaplin
Produção: Charles Chaplin
Música: Charles Chaplin
Fotografia: Ira H. Morgan e Roland Totheroh
Desenho de Produção:
Direção de Arte: Charles D. Hall e J. Russell Spencer
Edição:


Elenco
Charles Chaplin (Trabalhador)
Paulette Goddard (Ellen Peterson)
Henry Bergman (Proprietário da cafeteria)
Tiny Sandford (Big Bill)
Chester Conklin (Mecânico)
Hank Mann (Ladrão)
Stanley Blystone (Pai de Ellen)
Al Ernest Garcia (Presidente da Electro Steel Corp.)
Cecil Reynolds (Ministro)
Mira McKinney (Esposa do ministro)
Murdock McQuarrie (J. Widdecombe Billows)
Richard Alexander

Download

O Enigma de Kaspar Hauser - 1974

Kaspar Hauser é um jovem que foi trancado a vida inteira num cativeiro, desconhecendo toda a existência exterior. Quando ele é solto nas ruas sem motivo aparente, a sociedade se organiza para ajudar Kaspar, que sequer conseguia falar ou andar, mas este logo acaba se tornando uma atração popular. Baseado em uma história real.


Ficha Técnica:
Título Original:J eder für Sich und Gott Gegen Alle
Ano de Produção: 1974
Direção: Werner Herzog
Roteiro: Werner Herzog
Gênero: Drama
Origem: Alemanha
Duração: 110 minutos~
Tipo: Longa

Elenco :
Helmut Döring (Pequeno Rei)
Bruno S. (Kaspar Hauser)
Walter Ladengast (Professor Daumer)
Brigitte Mira (Kathe, Servant)
Willy Semmelrogge (Diretor do circo)
Michael Kroecher (Lord Stanhope)

Download Parte1 Parte2 Parte3 Parte4 Parte5

Psicose - 1960

O diretor Alfred Hitchcock (Cortina Rasgada) conta a história de uma secretária em fuga que se hospeda num hotel de beira de estrada, onde é atendida por seu estranho dono. Com Anthony Perkins e Janet Leigh. Recebeu 4 indicações ao Oscar.

Sinopse
Secretária (Janet Leigh) rouba 40 mil dólares para se casar. Durante a fuga, erra o caminho e chega em um velho motel, onde é amavelmente atendida pelo dono (Anthony Perkins), mas escuta a voz da mãe do rapaz, dizendo, que não deseja a presença de uma estranha. Mas o que ouve é na verdade algo tão bizarro, que ela não poderia imaginar que não viveria para ver o dia seguinte.

Premiações
- Recebeu 4 indicações ao Oscar: Melhor Diretor, Melhor Atriz Coadjuvante (Janet Leigh), Melhor Fotografia e Melhor Direção de Arte - Preto e Branco.

- Ganhou o Globo de Ouro de Melhor Atriz Coadjuvante (Janet Leigh).


Curiosidades
- Várias atrizes estiveram cotadas para o papel de Marion Crane: Eva Marie Saint, Piper Laurie, Martha Hyer, Hope Lange e Lana Turner.

- Uma modelo nua foi utilizada por Hitchcock em algumas das cenas do chuveiro, na intenção de criar realismo.

- O som ouvido do facão encravando no corpo de Marion é na verdade o som de um facão encravando em um melão.

- O sangue na cena do chuveiro é na verdade calda de chocolate.

- Psicose custou apenas US$ 800 mil e faturou mais de US$ 40 milhões nas bilheterias.

- Para economizar nos custos de produção, Hitchcock resolveu por utilizar em Psicose boa parte do elenco de sua série exibida na TV americana.

- Alfred Hitchcock comprou anonimamente os direitos do livro de Robert Bloch, por apenas US$ 9 mil. Logo após distribuiu várias cópias do livro, mantendo sempre segredo sobre o final da história.

- Psicose foi filmado em preto e branco por opção do próprio Alfred Hitchcock, que considerava que a cores o filme ficaria "ensanguentado" demais.

- Foi refilmado em 1998, tendo também recebido o nome Psicose.

- Seguido por Psicose 2 (1983), Psicose 3 (1986) e Psicose 4 - A Revelação (1990).

Ficha Técnica
Título Original: Psycho
Gênero: Suspense
Tempo de Duração: 107 minutos
Ano de Lançamento (EUA): 1960
Estúdio: Shamley Productions
Distribuição: Paramount Pictures
Direção: Alfred Hitchcock
Roteiro: Joseph Stefano, baseado em livro de Robert Bloch
Produção: Alfred Hitchcock
Música: Bernard Herrmann
Direção de Fotografia: John L. Russell
Direção de Arte: Robert Clatworthy e Joseph Hurley
Figurino: Helen Colvig e Rita Riggs
Edição: George Tomasini


Elenco
Anthony Perkins (Norman Bates)
Vera Miles (Lila Crane)
John Gavin (Sam Loomis)
Martin Balsam (Milton Arbogast)
John McIntire (Xerife Chambers)
Simon Oakland (Dr. Richmond)
Vaughn Taylor (George Lowery)
Frank Albertson (Tom Cassidy)
Lurene Tuttle (Sra. Chambers)
Patricia Hitchcock (Caroline)
Janet Leigh (Marion Crane)

Download Parte1 Parte2 Parte3 Parte4

segunda-feira, 6 de julho de 2009

The Dave Brubeck Quartet

Time Out - 1959
Tracks:
1 - Blue rondo a la turk – Dave Brubeck
2 - Strange meadow lark – Dave Brubeck
3 - Take five – Paul Desmond
4 - Three to get ready – Dave Brubeck
5 - Kathy’s waltz – Dave Brubeck
6 - Everybody’s jumpin’ – Dave Brubeck
7 - Pick up sticks – Dave Brubeck

Download

domingo, 5 de julho de 2009

Bukowski - Born Into This - 2003

O filme relata a vida conturbada de Bukowski começando pela sua infância, passando pelas décadas de pobreza e alcoolismo, numerosos subempregos e relacionamentos turbulentos, os 14 anos trabalhando nos correios, e seu reconhecimento internacional como poeta e escritor.

Download Parte1 Parte2 Parte3

Os Assassinos - 1946

Após ser procurado por dois assassinos, um homem os aguarda pacientemente e sem tentar fugir. Já morto, um investigador de seguros tenta descobrir o porquê de sua atitude. Dirigido por Robert Siodmak (Uma Vida Marcada) e com Burt Lancaster, Ava Gardner e Edmond O'Brien no elenco. Recebeu 4 indicações ao Oscar.

Sinopse
Brentwood, Nova Jersey. Al (Charles McGraw) e Max (William Conrad) entram numa lanchonete procurando pelo "Sueco" (Burt Lancaster), pois têm de cumprir um contrato de assassinato. O dono da lanchonete diz que o Sueco, que é conhecido como Peter Lund, não irá lá naquela noite, pois são seis horas. Ele afirma que quando o Sueco vai lá jantar sempre chega antes deste horário. Al e Max partem, sendo que Nick Adams (Phil Brown), que trabalha com Peter, estava na lanchonete. Quando Al e Max chegam vão ao encontro de Peter para avisá-lo, que ouve a advertência sem dar importância e se limita em ficar deitado na cama, pois está cansado de viver fugindo. Quando é achado morto, é intrigante o fato dele ter esperado desprotegido em um pequeno quarto por dois assassinos profissionais para eliminá-lo. As razões desta situação são traçadas por Jim Reardon (Edmond O'Brien), um investigador de seguros, pois Peter tinha um seguro no valor de US$ 2.500 cuja beneficiária era Mary Ellen Daugherty (Queenie Smith), a camareira de um hotel em Atlantic City que conhecia Sueco por outro nome e tinha presenciado seu benfeitor tendo um descontrole emocional, que quase o levou ao suicídio.

Premiações
- Recebeu 4 indicações ao Oscar, nas seguintes categorias: Melhor Diretor, Melhor Edição, Melhor Trilha Sonora e Melhor Roteiro.

Ficha Técnica
Título Original: The Killers
Gênero: Policial
Tempo de Duração: 102 minutos
Ano de Lançamento (EUA): 1946
Estúdio: Universal Pictures / Mark Hellinger Productions
Distribuição: Universal Pictures
Direção: Robert Siodmak
Roteiro: Anthony Veiller, baseado em estória de Ernest Hemingway
Produção: Mark Hellinger
Música: Miklós Rózsa
Fotografia: Elwood Bredell
Desenho de Produção: Russell A. Gausman e E.R. Robinson
Direção de Arte: Martin Obzina e Jack Otterson
Figurino: Vera West
Edição: Arthur Hilton

Elenco
Burt Lancaster (Ole "Sueco" Andersen / Pete Lund)
Ava Gardner (Kitty Collins)
Edmond O'Brien (Jim Reardon)
Albert Dekker (Big Jim Colfax)
Sam Levene (Tenente Sam Lubinsky)
Vince Barnett (Charleston)
Virginia Christine (Lilly Harmon Lubinsky)
Charles D. Brown (Packy Robinson)
Jack Lambert ("Dum-Dum" Clarke)
Donald MacBride (R.S. Kenyon)
Charles McGraw (Al)
William Conrad (Max)
Phil Brown (Nick Adams)
Queenie Smith (Mary Ellen Daugherty)
Jeff Corey ("Blinky" Franklin)
Harry Hayden (George)
Bill Walker (Sam)

Download Parte1 Parte2

sábado, 4 de julho de 2009

A Embriaguez do Sucesso - 1957

O Agente de Notícias da Broadway, Sidney Falco, está tendo dificuldades em publicar notas de seus clientes no importante jornal 'New York Globe', por não ter conseguido atender a um pedido pessoal do mais poderoso colunista daquele jornal, J. J. Hunsecker. É que este lhe pedira para arranjar uma forma de separar sua irmã mais nova, Susie Hunsecker, de 19 anos, de Steve Dallas, um talentoso músico de jazz que está se apresentando em um Quinteto, no Elysian Room, e por quem ela se acha inteiramente apaixonada.
Ao comprar um exemplar do jornal, ele constata mais uma vez que suas notas continuam não sendo publicadas na coluna 'Os Olhos da Broadway', de Hunsecker. Contrariado, chega ao seu escritório onde, sua secretária, Sally, lhe informa que um cliente já havia telefonado três vezes reclamando a não publicação de uma nota previamente acordada.
Sidney vai até o Elysian Room, onde sabe por Rita, uma jovem loura que vende cigarros, que Susie aguarda o músico na porta dos fundos. Num dos intervalos da apresentação, Steve vai até Susie, onde combinam uma forma de anunciarem sua próxima união a JJ, muito embora ele reconheça que o irmão de Susie não o considera um bom partido para ela. Quando Susie toma um táxi para casa, Sidney a acompanha. No caminho, ela lhe diz que ele pode contar ao irmão que, finalmente, ela encontrou em Steve o homem de sua vida.
Sidney dirige-se ao 'Clube 21', local freqüentado por JJ, onde o encontra em companhia do senador Harvey Walker, do agente de notícias Manny Davis e de Linda James, sua acompanhante. Numa oportunidade, ele diz para JJ que o romance de Susie está mais sério do que ele imaginava. Ao sairem, JJ lhe diz que está cada vez mais desapontado com sua ineficiência.
Sidney procura, então, Leo Bartha, um colunista rival de JJ, e tenta chantageá-lo, já que ele é casado e está tendo um caso com Rita, a jovem do Elysian Room, mas este o enfrenta e se recusa a publicar algo que desabone Steve Dallas. Otis Elwell, um colunista do 'The Record', assiste a tudo. Ao observar a forma lasciva com que o colunista olha para uma mulher, Sidney sugere apresentá-lo à Rita, em troca da publicação do artigo contra Steve. Depois de uma breve conversa, os dois vão ao encontro da jovem, a quem Steve diz que trouxe Elwell por ser a pessoa que poderá ajudá-la em relação ao seu emprego ameaçado.
No dia seguinte, Sidney lê no 'The Record' o artigo em que diz que Steve Dallas é comunista e viciado em maconha, fatos que acabarão com sua reputação. Ao chegar a seu escritório, encontra Steve e Frank D'Angelo, responsável pelo Quinteto, furiosos a acusá-lo e a JJ pela difamação. Sidney, então, os convence de que a acusação não faz sentido, já que Elwell e JJ são inimigos.
Depois que eles saem, Sidney telefona para JJ e conta o ocorrido. Este, preocupado em perder a confiança da irmã, resolve mudar de tática e propõe limpar o nome de Steve. Ao se encontrarem num teatro, JJ mostra-se simpático em relação a Steve, a quem promete limpar seu nome. Nos bastidores, entretanto, exige que Susie rompa definitivamente com o músico, com o que ela concorda.
Em seguida, JJ oferece dinheiro a Sidney para que este procure o corrupto Ten. Harry Kello a fim de ser dada uma boa lição a Steve. Oferece, ainda, três meses como editor de sua coluna, quando ele estiver viajando com a irmã em um cruzeiro. Nesse meio-tempo, Susie encontra-se com Steve. Juntos, eles lamentam o rompimento, mas Susie diz que não vai poder voltar pra ele com medo de uma retaliação por parte de JJ.
Naquela mesma noite, no 'Joe Robard's Club', onde o Quinteto está se apresentando, Sidney vê quando Kello estaciona seu carro defronte. Para levar a frente o plano de JJ, Sidney 'planta' maconha no sobretudo de Steve e avisa o corrupto policial.
Quando Steve deixa o local, Sidney vê o carro de Kello seguí-lo. Horas depois, vai ao encontro de JJ. Ao chegar à sua casa, Susie o culpa pelo que ocorreu ao seu namorado e ameaça suicidar-se. Ele não acredita em sua intenção, mas quando ela se prepara para se jogar do alto de sua varanda, ele a salva no último instante.
JJ chega na hora e, pensando que Sidney está tentando estuprar a irmã, o esbofeteia fortemente. Susie mantém-se calada, mesmo quando Sidney lhe pede que confesse que ele a impedira de cometer suicídio. Os dois homens trocam acusações em relação ao atentado sofrido por Steve.
Quando Sidney deixa o apartamento, JJ liga para Kello a quem pede que o castigue por ter 'plantado' maconha no sobretudo de Steve. Susie faz suas malas e sai, atravessando a rua para escapar da possessividade do irmão.

Ficha Técnica
Direção: Alexander Mackendrick
Roteiro: Ernest Lehman, Clifford Odets
Produção: James Hill
Música Original: Elmer Bernstein
Fotografia: James Wong Howe
Edição: Alan Crosland Jr.
Direção de Arte: Edward Carrere
Figurino: Mary Grant
Efeitos Sonoros: Jack Solomon
País: USA
Gênero: Drama, Filme-Noir

Elenco
Burt Lancaster (J. J. Hunsecker )
Tony Curtis (Sidney Falco )
Susan Harrison (Susan Hunsecker)
Martin Milner (Steve Dallas)
Sam Levene (Frank D'Angelo)
Barbara Nichols (Rita)
Jeff Donnell (Sally)
Joe Frisco (Herbie Temple)
Emile Meyer (Ten. Harry Kello)
Edith Atwater (Mary)

Download

A Escolha de Sofia - 1982

Em 1947 um jovem escritor se torna amigo de um casal que mora na mesma pensão. É quando ele conhece através de Sofia sua passagem pelos campos de concentração nazista e seu difícil relacionamento com o marido. Dirigido por Alan J. Pakula (Inimigo Íntimo) e com Meryl Streep e Kevin Kline no elenco. Vencedor do Oscar de Melhor Atriz.

Sinopse
Em 1947 Stingo (Peter MacNicol), um jovem aspirante a escritor vindo do sul, vai morar no Brooklyn na casa de Yetta Zimmerman (Rita Karin), que alugava quartos. Lá conhece Sofia Zawistowska (Meryl Streep), sua vizinha do andar de cima, que é polonesa e fora prisioneira em um campo de concentração e Nathan Landau (Kevin Kline), seu namorado, um carismático judeu dono de um temperamento totalmente instável. Em pouco tempo tornam-se amigos, sendo que Stingo não tem a menor idéia dos segredos que Sofia esconde nem da insanidade de Nathan.

Premiações
- Ganhou o Oscar de Melhor Atriz (Meryl Streep), além de ter sido indicado em outras 4 categorias: Melhor Roteiro Adaptado, Melhor Fotografia, Melhor Figurino e Melhor Trilha Sonora.

- Ganhou o Globo de Ouro de Melhor Atriz - Drama (Meryl Streep), além de ter sido indicado nas categorias de Melhor Filme - Drama e Melhor Revelação Masculina (Kevin Kline).

- Recebeu 2 indicações ao BAFTA, nas seguintes categorias: Melhor Atriz (Meryl Streep) e Melhor Revelação (Kevin Kline).


Curiosidades
- A Escolha de Sofia é o primeiro trabalho de Kevin Kline no cinema.

Ficha Técnica
Título Original: Sophie's Choice
Gênero: Drama
Tempo de Duração: 153 minutos
Ano de Lançamento (EUA): 1982
Estúdio: Incorporated Television Company
Distribuição: Universal Pictures
Direção: Alan J. Pakula
Roteiro: Alan J. Pakula, baseado em livro de William Styron
Produção: Keith Barish e Alan J. Pakula
Música: Marvin Hamlisch
Fotografia: Néstor Almendros
Desenho de Produção: George Jenkins
Direção de Arte: John Jay Moore
Figurino: Albert Wolsky
Edição: Evan A. Lottman


Elenco
Meryl Streep (Sophie Zawistowska)
Kevin Kline (Nathan Landau)
Peter MacNicol (Stingo)
Rita Karin (Yetta Zimmerman)
Stephen D. Newman (Larry)
Greta Turken (Leslie Lapidus)
Josh Mostel (Morris Fink)
Marcell Rosenblatt (Astrid Weinstein)
Moishe Rosenfeld (Moishe Rosenblum)
Robin Bartlett (Lillian Grossman)
Eugene Lipinski (Professor polonês)
Josef Sommer (Narrador)

Download Parte1 Parte2 Parte3 Parte4 Parte5 Parte6
Senha para descompactar o arquivo http://farra.clickforuns.net

Quem Tem Medo de Virginia Woolf? - 1966

O diretor Mike Nichols (Uma Secretária de Futuro) leva às telas a história de um casal que, após receber a visita de um professor e sua esposa, vê a reunião em que todos se encontram tomar rumos inesperados. Com Elizabeth Taylor, Richard Burton, George Segal e Sandy Dennis. Vencedor de 5 Oscars.

Sinopse
George (Richard Burton), um professor universitário, e Martha (Elizabeth Taylor), sua esposa que é também filha do reitor, recebem no final da noite Nick (George Segal), um jovem professor, e Honey (Sandy Dennis), sua mulher. À medida que a noite avança, as confissões entre os quatro se tornam mais ácidas e a verdade se torna algo muito deprimente.

Premiações
- Ganhou 5 Oscars, nas seguintes categorias: Melhor Atriz (Elizabeth Taylor), Melhor Atriz Coadjuvante (Sandy Dennis), Melhor Direção de Arte - Preto e Branco, Melhor Fotografia - Preto e Branco e Melhor Figurino - Preto e Branco. Recebeu ainda outras 8 indicações, nas seguintes categorias: Melhor Filme, Melhor Diretor, Melhor Ator (Richard Burton), Melhor Ator Coadjuvante (George Segal), Melhor Edição, Melhor Trilha Sonora, Melhor Roteiro Adaptado e Melhor Som.

- Recebeu 7 indicações ao Globo de Ouro, nas seguintes categorias: Melhor Filme - Drama, Melhor Diretor, Melhor Ator - Drama (Richard Burton), Melhor Atriz - Drama (Elizabeth Taylor), Melhor Ator Coadjuvante (George Segal), Melhor Atriz Coadjuvante (Sandy Dennis) e Melhor Roteiro.

- Ganhou 3 prêmios no BAFTA, nas seguintes categorias: Melhor Filme, Melhor Ator Britânico (Richard Burton) e Melhor Atriz Britânica (Elizabeth Taylor).

Curiosidades
- Estréia de Mike Nichols na direção.

- Este é o 4º de 11 filmes em que Richard Burton e Elizabeth Taylor trabalham juntos. Os demais foram Cleópatra (1963), Gente Muito Importante (1963), Adeus às Ilusões (1965), A Megera Domada (1967), Dr. Faustus (1967), Os Farsantes (1967), O Homem que Veio de Longe (1968), Ana dos Mil Dias (1969), Unidos pelo Mal (1972) e Divórcio Dele, Divórcio Dela (1973).

- O personagem Nick chegou a ser oferecido ao ator Robert Redford, que recusou o papel.

- A atriz Sandy Dennis, que estava grávida durante as filmagens de Quem Tem Medo de Virginia Woolf?, teve um aborto espontâneo bem nos sets de filmagens.

- Todos os integrantes do elenco de Quem Tem Medo de Virginia Woolf? foram indicados ao Oscar. O único filme que repetiu esta façanha foi Trama Diabólica (1972).


Ficha Técnica
Título Original: Who's Afraid of Virginia Woolf?
Gênero: Drama
Tempo de Duração: 129 minutos
Ano de Lançamento (EUA): 1966
Estúdio: Warner Bros. / Chenault Productions, Inc.
Distribuição: Warner Bros.
Direção: Mike Nichols
Roteiro: Ernest Lehman, baseado em peça teatral de Edward Albee
Produção: Ernest Lehman
Música: Alex North
Fotografia: Haskell Wexler
Desenho de Produção: Richard Sylbert
Direção de Arte: George James Hopkins
Figurino: Irene Sharaff
Edição: Sam O'Steen

Elenco
Elizabeth Taylor (Martha)
Richard Burton (George)
George Segal (Nick)
Sandy Dennis (Honey)

Download Parte1 Parte2 Parte3 Parte4 Parte5


<

Chinatown - 1974


Um detetive especializado em casos matrimoniais é contratado por uma misteriosa mulher da alta sociedade para que investigue seu marido, mas logo as investigações seguem rumos inesperados. Dirigido por Roman Polanski (O Inquilino) e com Jack Nicholson, Faye Dunaway e John Huston no elenco. Vencedor do Oscar de Melhor Roteiro Original.

Sinopse
Los Angeles, 1937. J.J. Gittes (Jack Nicholson), um detetive particular, recebe a visita de uma mulher que deseja contratá-lo, pois acredita que seu marido, o engenheiro-chefe do Departamento de Águas e Energia, tem um caso. Porém, Gittes logo descobre que sua cliente na verdade era uma farsante, mas a verdadeira Evelyn Mulwray (Faye Dunaway) o encontra. Quando o marido aparece morto no reservatório de água da cidade, Gittes percebe a gravidade do caso. Seu envolvimento leva-o a ser atacado por gângsters e, após manter um romance com Evelyn, descobre que ela é filha de Noah Cross (John Huston), um dos homens mais poderosos da cidade. Gittes desconfia então que Cross, um rico proprietário que tem interesses ilícitos nas terras próximas ao reservatório, teve uma relação incestuosa com a filha, nascendo daí a jovem vista com o marido de Evelyn.

Premiações
- Ganhou o Oscar de Melhor Roteiro Original, além de ter sido indicado em outras 10 categorias: Melhor Filme, Melhor Diretor, Melhor Ator (Jack Nicholson), Melhor Atriz (Faye Dunaway), Melhor Fotografia, Melhor Direção de Arte, Melhor Figurino, Melhor Edição, Melhor Trilha Sonora e Melhor Som.

- Ganhou 4 Globos de Ouro, nas seguintes categorias: Melhor Filme - Drama, Melhor Diretor, Melhor Ator - Drama (Jack Nicholson) e Melhor Roteiro. Recebeu ainda outras 3 indicações, nas seguintes categorias: Melhor Atriz - Drama (Faye Dunaway), Melhor Ator Coadjuvante (John Huston) e Melhor Trilha Sonora.

- Ganhou 3 prêmios no BAFTA, nas seguintes categorias: Melhor Diretor, Melhor Ator (Jack Nicholson) e Melhor Roteiro. Foi ainda indicado em outras 8 categorias: Melhor Filme, Melhor Atriz (Faye Dunaway), Melhor Ator Coadjuvante (John Huston), Melhor Direção de Arte, Melhor Fotografia, Melhor Figurino, Melhor Trilha Sonora e Melhor Edição.

- Ganhou o Prêmio Bodil de Melhor Filme Americano.


Curiosidades
- Chinatown é uma homenagem feita pelo diretor Roman Polanski ao filme noir.

- A cena em que o personagem interpretado por Roman Polanski corta o nariz do personagem de Jack Nicholson foi extremamente difícil de ser realizada. Houve um momento em que, com os dois envolvidos estando verdadeiramente exaustos, eles começaram a pedir para que o nariz de Nicholson fosse realmente cortado, a fim de que a cena ficasse enfim pronta.

- Chinatown é a primeira parte de uma trilogia planejada pelo roteirista Robert Towne, que mostraria o detetive J.J. Gittes e a cidade de Los Angeles. A segunda parte chegou a ser rodada em 1990, chamando-se A Chave do Enigma e sendo dirigida pelo próprio Jack Nicholson.

Ficha Técnica
Título Original: Chinatown
Gênero: Policial
Tempo de Duração: 130 minutos
Ano de Lançamento (EUA): 1974
Estúdio: Paramount Pictures / Long Road / Penthouse
Distribuição: Paramount Pictures
Direção: Roman Polanski
Roteiro: Robert Towne
Produção: Robert Evans
Música: Jerry Goldsmith
Fotografia: John A. Alonzo
Desenho de Produção: Richard Sylbert
Direção de Arte: W. Stewart Campbell
Figurino: Anthea Sylbert
Edição: Sam O'Steen


Elenco
Jack Nicholson (J.J. Gites)
Faye Dunaway (Evelyn Cross Mulwray)
John Huston (Noah Cross)
Perry Lopez (Tenente Lou Escobar)
John Hillerman (Russ Yelburton)
Darrell Zwerling (Hollis I. Mulwray)
Diane Ladd (Ida Sessions)
Roy Jenson (Claude Mulvihill)
Richard Bakalyan (Detetive Loach)
Joe Mantell (Lawrence Walsh)
Bruce Glover (Duffy)
Nandu Hinds (Sophie)
Belinda Palmer (Katherine Cross)
Roman Polanski (Homem com uma faca)

Download Parte1 Parte2 Parte3 Parte4 Parte5 Parte6

quinta-feira, 2 de julho de 2009

O Garoto Selvagem - 1969

Um garoto é encontrado na selva, sem jamais ter vivido com seres humanos. Levado para ser examinado por um professor, ele aos poucos consegue ser reintegrado à sociedade. Dirigido e estrelado por François Truffaut (Fahrenheit 451).

Sinopse
Cantão de São Sernin, França, 1798. Três caçadores acham uma criança selvagem, que possui 11 ou 12 anos. Ele é apelidado de Selvagem de Aveyron (Jean-Pierre Cargol), sendo que se alimenta de grãos e raízes, não anda como um bípede nem fala, lê ou escreve. O professor Jean Itard (François Truffaut) se interessa pelo menino, que é levado a Paris para determinar seu grau de inteligência e ver como se comporta a mentalidade de um menino que desde cedo foi privado da educação, por não conviver com ninguém da espécie. Itard começa a educá-lo. Todos pensam que ele vai fracassar, mas com amor e paciência aos poucos obtém resultados.

Ficha Técnica
Título Original: L'Enfant Sauvage
Gênero: Drama
Tempo de Duração: 84 minutos
Ano de Lançamento (França): 1969
Estúdio: Les Productions Artistes Associés / Les Films du Carosse
Distribuição: United Artists
Direção: François Truffaut
Roteiro: François Truffaut e Jean Gruault, baseado em livro de Jean Itard
Produção: Marcel Berbert
Música: Antoine Duhamel
Fotografia: Néstor Almendros
Desenho de Produção: Jean Mandaroux
Figurino: Gitt Magrini
Edição: Agnès Guillemot

Elenco
Jean-Pierre Cargol (Victor)
François Truffaut (Dr. Jean Itard)
Françoise Seigner (Madame Guerin)
Jean Dasté (Prof. Philippe Pinel)
Annie Miller (Madame Lemeri)
Claude Miller (Sr. Lemeri)
Paul Villé (Remy)
Nathan Miller (Bebê Lemeri)
Mathieu Schiffman (Mathieu)
Jean Gruault (Visitante)

Download Parte1 Parte2 Parte3

Gata em Teto de Zinco Quente - 1958

O aniversário do patriarca da família reúne todos os seus integrantes, porém a existência de um câncer incurável acaba por revelar suas verdadeiras faces. Com Elizabeth Taylor e Paul Newman. Recebeu 6 indicações ao Oscar.

Sinopse
Harvey Pollitt (Burt Ives) é um patriarca que é um rico proprietário de terras, além de possuir uma fortuna de US$ 10 milhões. Harvey celebra seu aniversário e é visitado pelos dois filhos, mas ele ignora que tem um câncer inoperável, pois seu médico lhe disse que tinha se recuperado. Gooper (Jack Carson), um dos filhos, e sua esposa (Madeleine Sherwood) tiveram algumas crianças e cobiçam poder herdar os milhões do "Velho". Por outro lado Brick (Paul Newman), seu filho favorito, é um alcoólatra e ex-astro de futebol americano, que vive um casamento infeliz. Esta situação deixa Maggie (Elizabeth Taylor), sua esposa, muito frustrada, pois ama o marido apesar de ser desprezada por ele.

Premiações
- Recebeu 6 indicações ao Oscar, nas seguintes categorias: Melhor Filme, Melhor Diretor, Melhor Ator (Paul Newman), Melhor Atriz (Elizabeth Taylor), Melhor Roteiro Adaptado e Melhor Fotografia - Colorida.

- Recebeu 2 indicações ao Globo de Ouro, nas seguintes categorias: Melhor Filme - Drama e Melhor Diretor.

- Recebeu 3 indicações ao BAFTA, nas seguintes categorias: Melhor Filme, melhor Ator Estrangeiro (Paul Newman) e Melhor Atriz Estrangeira (Elizabeth Taylor).

Ficha Técnica
Título Original: Cat on a Hot Tin Roof
Gênero: Drama
Tempo de Duração: 107 minutos
Ano de Lançamento (EUA): 1958
Estúdio: Metro-Goldwyn-Mayer / Avon Productions
Distribuição: Metro-Goldwyn-Mayer
Direção: Richard Brooks
Roteiro: Richard Brooks e James Poe, baseado em peça teatral de Tennessee Williams
Produção: Lawrence Weingarten
Música: Charles Wolcott
Fotografia: William H. Daniels
Direção de Arte: William A. Horning e Urie McCleary
Figurino: Helen Rose
Edição: Ferris Webster

Elenco
Paul Newman (Brick Pollitt)
Elizabeth Taylor (Maggie Pollitt)
Burl Ives (Harvey Pollitt)
Jack Carson (Gooper Pollitt)
Judith Anderson (Ida Pollitt)
Madeleine Sherwood (Mae Pollitt)
Larry Gates (Dr. Baugh)
Vaughn Taylor (Deacon Davis)

Download Parte1 Parte2 Parte3 Parte4

Lawrence da Arábia - 1962

Durante a 1ª Guerra Mundial, um oficial britânico tenta unir facções árabes inimigas para derrotar o Império Turco. Com direção de David Lean e Peter O'Toole, Alec Guinness, Anthony Quinn e Omar Sharif no elenco. Vencedor de 7 Oscars.

Sinopse
Em 1935, quando pilotava sua motocicleta, T.E.Lawrence (Peter O'Toole) morre em um acidente e, em seu funeral, é lembrado de várias formas. Deste momento em diante, em flashback, conhecemos a história de um tenente do Exército Inglês no Norte da África, que durante a 1ª Guerra Mundial, insatisfeito em colorir mapas, aceita uma missão como observador na atual Arábia Saudita e acaba colaborando de forma decisiva para a união das tribos árabes contra os turcos.
Premiações
- Ganhou 7 Oscars: Melhor Filme, Melhor Diretor, Melhor Edição, Melhor Direção de Arte - A Cores, Melhor Fotografia - A Cores, Melhor Som e Melhor Trilha Sonora. Recebeu ainda outras 3 indicações, nas categorias de Melhor Ator (Peter O'Toole), Melhor Ator Coadjuvante (Omar Sharif) e Melhor Roteiro Adaptado.

- Ganhou 4 Globos de Ouro: Melhor Filme - Drama, Melhor Diretor, Melhor Ator Coadjuvante (Omar Sharif) e Melhor Fotografia - A Cores.


Curiosidades
- Inicialmente, o diretor David Lean havia escalado Albert Finney para o papel de T.E. Lawrence. Apenas após a intervenção de Katharine Hepburn junto ao produtor Sam Spiegel é que Peter O'Toole foi contratado para o papel.

- Durante todo o filme, não há um único papel feminino com falas.

- Enquanto preparavam o material para rodar as cenas da sabotagem do trem, todas elas rodadas em locações, a equipe do diretor David Lean terminou encontrando destroços da sabotagem verdadeira, realizada por T.E. Lawrence.

- Em 1989, uma nova versão de Lawrence da Arábia, totalmente restaurada e incluindo cenas de bastidores e tomadas alternativas, foi realizada por Robert A. Harris.

- Seguido por Um Homem Perigoso (1990).

Download

O Selvagem - 1953

Sinopse
Um grupo de 40 jovens desordeiros chega a uma pequena cidade da Califórnia com suas motos envenenadas. Logo na chegada, ocorre um pequeno incidente, um dos rapazes, Crazy, se machuca, mas a situação não foge ao controle. O líder do grupo, Johnny Strabler, decide que ficarão na cidade até a liberação do amigo.

Enquanto isso, Johnny entra no Café Bleeker, onde pede uma cerveja à bela Kathie, filha do xerife local. Em seguida, põe uma música para tocar numa juke-box e troca algumas palavras com a jovem. Com a recuperação de Crazy, Johnny e seu grupo se preparam para deixar a cidade, quando chega à mesma seu maior rival, Chino, acompanhado de seu bando.

Depois de provocar Johnny, Chino inicia um tumulto e termina preso. Um dos moradores da cidade, Charlie Thomas, não se satisfaz com as providências tomadas pelo xerife e sugere que os homens se juntem para expulsarem os motoqueiros à força.

Enquanto isso, um grupo toma suas motos e cerca Kathy em plena praça pública, deixando-a aterrorizada. Quando Johnny toma conhecimento do que está ocorrendo, pega sua moto, rompe o cerco à Kathy e a tira de lá em sua garupa. Os dois vão até um parque onde, sentindo-se atraída por ele, Kathy basicamente se declara. Johnny, não pretende se ligar a ninguém, a larga sozinha e vai embora em sua moto.

Logo a seguir, ele é apanhado e levado por Charlie Thomas e o grupo por este arrebanhado. Com receio do que possa acontecer a ele, Kathy corre até a Delegacia do xerife, onde pede ao pai que evite o linchamento. Harry Bleeker tenta ajudá-lo, mas a fúria dos homens comandados por Thomas é maior. Entretanto, quando surge a primeira oportunidade, Johnny foge até o parque onde ficara sua motocicleta.

Ao tentar deixar a cidade, é atingido por uma chave de roda jogada por um dos homens de Thomas. Ao cair, a moto, desgovernada, atinge um senhor e o mata. Nesse momento, chegam à pequena cidade o xerife do Condado, Stew Singer, e seus homens. Acusado por Thomas de ter matado um homem, Johnny é preso. Horas mais tarde, Art Kleiner e Frank Bleeker contam ao xerife Singer o que realmente se passou.

Johnny é solto e, despedindo-se à sua maneira de Kathy, deixa finalmente a cidade.

Direção: László Benedek
Roteiro: John Paxton
Produção: Stanley Kramer
Música Original: Leith Stevens
Fotografia: Hal Mohr
Edição: Al Clark
Design de Produção: Rudolph Sternad
Direção de Arte: Walter Holscher
Efeitos Sonoros: George Cooper
País: USA
Gênero: Drama

Elenco
Marlon Brando Johnny Strabler / Narrador
Mary Murphy Kathie Bleeker
Robert Keith Xerife Harry Bleeker
Lee Marvin Chino
Jay C. Flippen Xerife Stew Singer
Peggy Maley Mildred
Hugh Sanders Charlie Thomas
Ray Teal Tio Frank Bleeker
John Brown Bill Hamegan

Download Parte1 Parte2 Parte3

quarta-feira, 1 de julho de 2009

Lee Morgan

The Sidewinder - 1963

Tracks:
1. The Sidewinder
2. Totem Pole
3. Gary's Notebook
4. Boy, What A Night
5. Hocus-Pocus
6. Totem Pole (alternate take, bonus track)
Download

Grant Green

Feelin' the Spirit- 1962

Tracks:
1. Just A Closer Walk With Thee
2. Joshua Fit De Battle Of Jericho
3. Nobody Knows The Trouble I've Seen
4. Go Down Moses
5. Sometimes I Feel Like A Motherless Child
6. Deep River

Download